Cinetrilha: (500) Dias com Ela

(500) Dias Com Ela (2009) – Direção de Marc Webb. Roteiro de Scott Neustadter e Michael H. Weber.

A história começa com o sofrimento de Tom (Joseph Gordon-Levitt) após levar um fora da sua então namorada, Summer (Zooey Deschanel). A partir daí, o filme conta como foi o relacionamento que durou exatamente 500 dias. A ideia central é mostrar os dois extremos do amor, os que acreditam nele e os que não dão nenhum valor.

A voz melancólica de Regina Spektor dá início ao que parece ser uma história de dois apaixonados. A cena de abertura é guiada por Us (os protagonistas ainda crianças em diferentes momentos da infância) e finalmente quando Tom realmente encara que o relacionamento acabou, com Hero.

Enfim, uma trilha sonora feita para todos os gostos, mas especialmente para os últimos românticos. Indicado também pra quem gosta de músicas mais leves para embalar o sono, um dia de sol ou um passeio à tarde com os fones de ouvido.

Pra quem não sabe, Zooey, que parece interpretar a ela mesma no filme, com seu estilo vintage dos anos 50, tem uma banda chamada She & Him. Sua voz forte e suave ao mesmo tempo pode ser ouvida numa versão para o hit Please, Please, Please Let Me Get What I Want.

Impossível não se apaixonar pela balada eletrônica Sweet Disposition, da banda Temper Trap (que já se apresentou duas vezes em São Paulo), She’s Got You High, de Mumm-ra, o ritmo dançante de Feist com uma deliciosa batida em Mushaboom. Sem contar na belíssima voz de Carla Bruni cantando Quelqu’un M’a Dit.

Você ainda ouve clássicos como Bookends, de Simon & Garfunkel, You Make My Dreams, de Hall & Oates, e as geniais Here Comes Your Man, do Pixies, e There’s A Light That Never Goes Out, do The Smiths, que aqui ganha destaque com a “famosa” cena do elevador, quando Tom descobre que Summer tem gosto musical em comum com ele.

Dica: vale pesquisar mais sobre os australianos da banda Wolfmother, que entraram na trilha com Vagabond. Eles fazem um som bastante influenciado por Led Zeppelin e Black Sabbath, ou seja, pegada forte dos anos 70.

1. “A Story of Boy Meets Girl” – Mychael Danna e Rob Simonsen
2. “Us” – Regina Spektor
3. “There Is a Light That Never Goes Out” – The Smiths
4. “Bad Kids” – Black Lips
5. “Please, Please, Please Let Me Get What I Want” – The Smiths
6. “There Goes the Fear” – Doves
7. “You Make My Dreams” – Hall & Oates
8. “Sweet Disposition” – The Temper Trap
9. “Quelqu’un m’a dit” – Carla Bruni
10. “Mushaboom” – Leslie Feist
11. “Hero” – Regina Spektor
12. “Bookends” – Simon & Garfunkel
13. “Vagabond” – Wolfmother
14. “She’s Got You High” – Mumm-Ra
15. “Here Comes Your Man” – Pixies
16. “Please, Please, Please Let Me Get What I Want” – She & Him

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on TumblrEmail this to someone

Jornalista, fã de cinema, mas principalmente de trilhas sonoras. Certamente presta mais atenção nas músicas do que no filme. Tem uma queda por rock, mas também ouve blues, soul, jazz e country. Sua trilha sonora preferida está em Quase Famosos, por isso bigodes e guitarras são sempre bem-vindos.