O elogio de Melvin em Melhor É Impossível

melhor é impossível capa

Melvin é um talentoso escritor que sofre de Transtorno Obsessivo Compulsivo e que não faz a menor cerimônia em ser ranzinza, preconceituoso e impaciente com a humanidade. Já Carol, é uma doce e dedicada mãe solteira que trabalha como garçonete para sustentar o filho doente.

Essas duas personalidades tão apostas vão se unir em prol da felicidade. Mas, até que isto acontece, a língua afiada de Melvin causará enormes constrangimentos e, principalmente, gargalhadas do lado de cá da tela.

Melhor é Impossível pode até ser visto como uma simples comédia romântica. Mas as excelentes atuações de Jack Nicholson e Helen Hunt, ambos vencedores do Oscar em 1998, faz deste filme um programa especial, que merece ser visto por muitas vezes.

Confira na Cena do Dia deste sábado um dos grandes momentos deste longa escrito e dirigido por James L. Brooks.

 

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on TumblrEmail this to someone

Jornalista, fã incondicional de Nick Hornby e coautor do livro inédito Cine Belas Artes: Um Olhar Sobre os Cinemas de Rua de São Paulo. Ainda não viu nada melhor que Asas do Desejo, de Wim Wenders... Mas Beleza Americana chegou perto. e-mail: cristiano@setimacena.com