São Paulo recebe mostra de David Lynch

linch

A filmografia de David Lynch é repleta de longas sombrios e enigmáticos que permitem ao público diferentes conclusões. Por isso, em diversas entrevistas que concedeu à imprensa especializada, Lynch muitas vezes declarou: “os filmes não precisam fazer sentido, pois a vida não faz”.

Bem, esta frase pode até ser questionável, mas verdade seja dita, é sempre muito prazeroso tentar desvendar os mistérios por trás da mente insana e talentosa de Linch. Pensando nisso, a Caixa Cultural de São Paulo, promoverá, a partir desta terça-feira(16), a mostra David Lynch-O Lado Sombrio da Alma.

A mostra exibirá até o dia 28 de abril mais de 30 sessões, entre longas-metragens, curtas, filmes feitos para a TV, bem como comerciais e entrevistas. Esta é a oportunidade ideal para ver obras conceituadas, como o dramático O Homem Elefante, o sensual e cruel Veludo Azul, que traz uma excelente atuação de Isabella Rossellini e o insano road movie Coração Selvagem, estrelado por Nicolas Cage e Laura Dern, que faturou a Palma de Ouro no Festival de Cannes de 1990.

cidade dos sonhos

Cidade dos Sonhos

Outra atração imperdível é o sensacional Cidade dos Sonhos, um dos trabalhos mais consagrados e desafiadores de Lynch, responsável por revelar ao mundo o grande talento de Naomi Watts. Por este filme, Linch foi novamente consagrado no Festival de Cannes, recebendo o prêmio de Melhor Diretor em 2001.

Para aqueles que desejam mergulhar na mente de Lynch, o evento ainda reserva um debate sobre as principais influências e estilos do diretor. O bate- papo contará com a presença do jornalista Paulo Santos Lima, do cineasta Marco Dutra e do curador da mostra David Lynch – O Lado sombrio da Alma, Mário Abbade.

O melhor de tudo é que todas essas atrações são gratuitas. Para assistir aos filmes, basta chegar, no mínimo, uma hora antes do início de cada sessão.

A Caixa Cultural é localizada na Praça da Sé, 111, no Centro de São Paulo, ao lado do metrô Sé. Consulte a programação completa abaixo:

Dia 16/04 – terça-feira
15h: Pretty as a Picture
16h40: Eraserhead
18h20: O Homem Elefante

Dia 17/04 – quarta-feira
15h: I Don’t Know Jack
16h50: Duna

Dia 18/04 – quinta-feira
15h: Lynch (One)
16h40: Veludo Azul
19h: Debate

Dia 19/04 – sexta-feira
15h: The Short Films of David Lynch
17h10: Twin PeaksO piloto da série
19h: Twin Peaks: Os Últimos Dias de Laura Palmer

Dia 20/04 – sábado
14h: Scene by Scene (VHS)
15h50: Coração Selvagem
18h10: Rabbits

Dia 21/04 – domingo
14h: Mystery
17h20: A Estrada Perdida

Dia 23/04 – terça-feira
15h: On the Air (VHS)
18h50 A História Real

Dia 24/04 – quarta-feira
15h: Dynamic:01: The Best of DavidLynch.com
17h20: Zelly & Eu (VHS)
19h: Os Beatniks (VHS)

Dia 25/04 – quinta-feira
15h: Crumb
17h20: Hotel Room (VHS)
19h: Nadja (VHS)

Dia 26/04 – sexta-feira
15h: Dumbland. 25 min. / David Lynch Commercials e clipe Rammstein/  School of Thought
17h: Hugh Hefner: Once Upon a Time
18h40: Encaixotando Helena

Dia 27/04 – sábado
14h: Lynch in Conversation (VHS)
15h10: Cidade dos Sonhos
17h40: Transcendendo Lynch

Dia 28/04 – domingo
14h: Império dos Sonhos
17h10: Mais Coisas que Aconteceram
18h20: Sob Controle

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on TumblrEmail this to someone

Jornalista, fã incondicional de Nick Hornby e coautor do livro inédito Cine Belas Artes: Um Olhar Sobre os Cinemas de Rua de São Paulo. Ainda não viu nada melhor que Asas do Desejo, de Wim Wenders... Mas Beleza Americana chegou perto. e-mail: cristiano@setimacena.com