James Dean ganha retrospectiva no CineSESC

O eterno rebelde sem causa James Dean (1931 – 1955) ganha a partir de hoje, no CineSESC (site aqui), uma retrospectiva com sua pequena mas marcante filmografia.

Serão exibidos os clássicos Vidas Amargas (1955, de Elia Kazan), Juventude Transviada (1955, de Nicholas Ray) e Assim caminha a humanidade (1956, de George Stevens), além do recente filme Sal (2011, dirigido pelo Duende Verde James Franco) sobre o ator Sal Mineo, que dividiu a tela com Dean em Juventude Transviada.

Cada sessão será acompanhada por exibição de algumas das aparições de Dean na TV.

A retrospectiva “Eternamente Jovem – Retrospectiva James Dean” começa hoje e vai até dia 4, quinta-feira.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on TumblrEmail this to someone

Físico, cinéfilo e leitor. Faz mestrado na área de Teoria de Supercordas, improvisa nos ônibus e metrôs confortáveis salas de leitura e nas horas vagas (e em muitas das nem tão vagas assim) vê filmes, de Méliès a Bollywood. Twitter: @tpursulino - E-mail: tiago@setimacena.com