Oscar 2013: Quvenzhané Wallis

quvenzhane

Esta tal de cerimônia do Oscar ainda soa estranha para Quvenzhané Wallis. Ostentando o título de a mais nova atriz da história a ser indicada ao prêmio da Academia, ela nem sabia ao certo o que significava aquilo e, inclusive, pensava que o Oscar fosse um homem.

Além disso, numa cerimônia repleta de figurões do cinema, como Meryl Streep, Robert De Niro, Steven Spielberg e George Clooney, ela está mesmo a fim de conhecer Beyoncé e Demi Lovato. E olha que as duas cantoras nem comparecerão ao prêmio da Academia.

Confusões à parte, esta jovem menina de nome quase impronunciável até para os americanos, realmente tem uma interpretação cativante na pele da corajosa Hushpuppy, de Indomável Sonhadora, filme de estreia do cineasta Benh Zeitlin. Atuando como gente grande, a atriz prepara a própria comida, peita o pai dizendo que ela é o verdadeiro homem da casa e enfrenta os mais perigosos desafios (reais e imaginários) da natureza.

Quvenzhané Wallis in Beasts of the Southern Wild

Ousada desde cedo, ela teve que mentir a idade para conseguir o papel, já que o diretor do filme exigia que a protagonista tivesse entre 6 e 9 anos, e Quvenzhané tinha apenas 5 anos quando o longa foi rodado. Desde o último Festival de Sundance, onde Indomável Sonhadora foi exibido pela primeira vez, a indicação dela ao Oscar era dada como certa. O que surpreendeu mesmo foi a grande recepção que o longa recebeu dos membros da Academia, figurando também nas categorias de Melhor Filme, Diretor e Roteiro Adaptado.

Logicamente, ainda é incerto prever que rumo tomara a carreira desta encantadora menina. Por enquanto, ela já está confirmada em Twelve Years a Slave, no qual dividirá a cena com Brad Pitt e o sempre competente Michael Fassbender, e pode estrelar também a refilmagem do musical Anne.

Com uma indicação ao Oscar com apenas 9 anos e um carisma encantador, a atriz (ganhando ou não a estatueta dourada) será uma das grandes atrações desta cerimônia da Academia. Um feito e tanto para uma menina pobre da Louisiana que ainda sonha em ser dentista quando crescer.

wallis

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on TumblrEmail this to someone

Jornalista, fã incondicional de Nick Hornby e coautor do livro inédito Cine Belas Artes: Um Olhar Sobre os Cinemas de Rua de São Paulo. Ainda não viu nada melhor que Asas do Desejo, de Wim Wenders... Mas Beleza Americana chegou perto. e-mail: cristiano@setimacena.com