OSCAR 2014: Melhor Roteiro Original e Adaptado

Affleck e DamonSabe o que John Huston, Emma Thompson, Ben Affleck e Matt Damon têm em comum? Os quatro são atores que faturam estatuetas do Oscar na Categoria Melhor Roteiro. Ok, sabemos que Woody Allen e Quentin Tarantino também se encaixam neste quesito, mas os dois são consagrados por serem excelentes roteiristas e diretores e não necessariamente pelos dotes de atuação. Emma, aliás, é a única personalidade a receber as estatuetas de roteirista (Melhor Adaptação por Razão e Sensibilidade, em 1996) e de interpretação (Melhor Atriz, em 1993, por Retorno a Howards End).

Neste ano, outros dois nomes podem se juntar ao grupo acima: Julie Delpy e Ethan Hawke concorrem pelo Roteiro Adaptado de Antes da Meia-Noite, escrito também com a ajuda de Richard Linklater, diretor do longa. Mas os escritores da “Trilogia do Antes” não terão vida fácil para conquistar a estatueta, pois terão a forte concorrência de O Lobo de Wall Street, Philomena, Capitão Phillips e, o favorito, 12 anos de Escravidão.

Na Categoria de Roteiro Original, o favorito é Ela, escrito e dirigido por Spike Jonze, que já faturou o Globo de Ouro, o prêmio do Sindicato dos Roteiristas e o Critic’s Choice. Mas não será nenhuma surpresa se a Academia conceder a estatueta, como prêmio de consolação, a David O. Russell, responsável pelo roteiro e direção de Trapaça. Completam a lista de indicados, Nebraska, Blue Jasmine e Clube de Compras Dallas.

Histórico Roteiro Original e Adaptado

Os prêmios de Roteiro começaram a ser distribuídos no Oscar em 1929. Na ocasião, foram entregues as estatuetas de Melhor História Original, vencida por Paixão e Sangue e Melhor Roteiro Adaptado, que ficou com Sétimo Céu.

As estatuetas de Melhor Roteiro Original e Adaptado estão entre as mais importantes do prêmio da Academia e – ao lado das categorias de Melhor Filme, Diretor, Ator e Atriz – integra o “Big Five” do Oscar. O Roteiro Original, como o próprio nome diz, é o argumento que não é baseado em material já existente. Já o Adaptado, é o roteiro inspirado em obra já existente, como peça de teatro, livro, série de TV, quadrinhos, outro filme e etc.

O prêmio de Melhor Roteiro costuma ser um forte indicador à estatueta de Melhor Filme, já que apenas sete produções venceram o Oscar principal sem receber indicação pelo roteiro, a última delas foi Titanic, em 1998. Já a dobradinha Melhor Filme X Melhor Roteiro, aconteceu em 55 das 87 edições do prêmio da Academia, sendo que 40 dessas produções eram adaptações de obras já existentes, o que ajuda a atestar que Hollywood carece de produções originais.hawk, delpy e Linklater

Ethan Hawke, Julie Delpy e Richard Linklater: o trio por trás do roteiro de Antes da Meia-Noite

Curiosidades das Categorias Roteiro Original e Adaptado

  • O grande líder desta categoria não podia ser outro: Woddy Allen recebeu nada menos que 16 indicações ao Oscar de Roteiro Original, já contando a nomeação deste ano por Blue Jasmine. O neurótico mais querido do cinema levou a estatueta para casa em três ocasiões: Noivo Neurótico, Noiva Nervosa, em 1977; Hanna e suas Irmãs, em 1987, e por Meia-Noite em Paris, em 2012. Será que vem mais uma por aí?
  • Além de Woody, outros quatro roteiristas lideram a lista de maiores vencedores com três estatuetas cada: Charles Brackett, Paddy Chayefsky, Billy Wilder e Francis Ford Coppola.
  • Woody Allen detém ainda o recorde de roteirista mais velho a vencer o Oscar. Ele tinha 76 anos quando levou por Meia-Noite em Paris. Já o mais novo, é Ben Affleck, que tinha 25 anos quando faturou a estatueta por Gênio Indomável, escrito em parceria com Matt Damon, que estava com 27 anos na época.
  • Outro recorde de Woody é o de número de nomeações consecutivas ao Oscar. De 1985 a 1988, ele foi indicado pelos filmes Broadway Danny Rose, A Rosa Púrpura do Cairo, Hannah e Suas Irmãs e A Era do Rádio.
  • Geoffrey S. Fletcher é o primeiro roteirista negro a ganhar o Oscar. Ele venceu na categoria de Roteiro Adaptado, em 2010, por Preciosa.
  • Apenas cinco roteiros não escritos em inglês faturaram a estatueta. O último deles foi o espanhol Pedro Almodóvar, que venceu em 2003 por Fale com Ela.
  • O único filme brasileiro a concorrer ao Oscar de Roteiro foi Cidade de Deus, em 2004. Mas o roteirista Bráulio Montavani perdeu para o trio Fran Walsh, Philippa Boyens e Peter Jackson de O Senhor dos Anéis – O Retorno do Rei.
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on TumblrEmail this to someone

Jornalista, fã incondicional de Nick Hornby e coautor do livro inédito Cine Belas Artes: Um Olhar Sobre os Cinemas de Rua de São Paulo. Ainda não viu nada melhor que Asas do Desejo, de Wim Wenders... Mas Beleza Americana chegou perto. e-mail: cristiano@setimacena.com