Academia consagra Spotlight e Leonardo DiCaprio

Em uma das cerimônias mais imprevisíveis há tempos, na qual O Regresso, A Grande Aposta e Spotlight – Segredos Revelados disputavam a tapa o prêmio principal da noite, sagrou-se campeão este último. Uma vitória minguada, já que o longa de Tom McCarthy triunfou apenas em mais uma categoria, a de Melhor Roteiro.

Confirmando o favoritismo, o vencedor do ano passado Alejandro G. Iñárritu caiu nas graças da Academia novamente e foi escolhido o Melhor Diretor por O Regresso. Como seu compatriota Alfonso Cuarón triunfou nesta categoria em 2014 por Gravidade, esta é a terceira vez consecutiva que um mexicano leva o prêmio de Direção. Para provar que os mexicanos estão com tudo, Emmanuel Lubezki ficou com mais um prêmio de fotografia, o terceiro consecutivo. Um recorde absoluto desta categoria.

Mas o grande premiado da noite foi a ação apocalíptica Mad Max- Estrada da Fúria, que foi chamado seis vezes ao palco, infelizmente, apenas para receber o prêmio em categorias técnicas, como Melhor Montagem e Melhor Mixagem de Som. Não custava a Academia reconhecer o grande maestro por trás deste grande filme e entregar o prêmio de Direção para o australiano George Miller. De longe, ele merecia mais do que o exibicionista Iñárritu.

Reconhecimento, afinal, veio para Leonardo DiCaprio, que acabou com uma das clássicas piadas da internet e ficou com o prêmio de Melhor Ator após quatro derrotas no Oscar. Nem de longe esta foi a melhor interpretação de DiCaprio, mas o seu esforço físico e a baixa concorrência contribuíram para a vitória inédita.

O grande Sylvester Stallone não teve a mesma sorte e viu sua cobiçada estatueta de Coadjuvante parar nas mãos de Mark Rylance, que de fato foi a melhor coisa de Ponte dos Espiões. Já as belas e talentosas Brie Larson e Alicia Vikander confirmaram o favoritismo adquirido ao longo da temporada e saíram com as estatuetas de Atriz e Atriz Coadjuvante, respectivamente.

O brasileiro Menino e o Mundo teve mesmo que assistir à vitória do favorito Divertida Mente, que levou mais um prêmio para a Pixar. Não tem problema. Pelo menos Alê Abreu marcou o seu nome na Academia com esta produção tupiniquim.

O grande perdedor da noite foi Perdido em Marte, que pouco a pouco viu as suas sete nomeações irem para o espaço. Um pouco atrás entre os esnobados aparece o belo drama Carol, derrotado em todas as seis categorias em que disputava. Uma grande injustiça para este excelente filme de Todd Haynes.

Confira a lista completa com os vencedores abaixo:

MELHOR FILME
Spotlight: Segredos Revelados

MELHOR DIRETOR
Alejandro G. Iñárritu (O Regresso)

MELHOR ATOR
Leonardo DiCaprio (O Regresso)

MELHOR ATRIZ
Brie Larson (O Quarto de Jack)

ATOR COADJUVANTE
Mark Rylance (Ponte dos Espiões)

ATRIZ COADJUVANTE
Alicia Vikander (A Garota Dinamarquesa)

ROTEIRO ORIGINAL
Spotlight: Segredos Revelados

ROTEIRO ADAPTADO
A Grande Aposta

MELHOR FILME ESTRANGEIRO
O Filho de Saul (Hungria)

MELHOR ANIMAÇÃO
Divertida Mente

MONTAGEM
Mad Max: Estrada da Fúria

FOTOGRAFIA
Emmanuel Lubezki (O Regresso)

DESIGN DE PRODUÇÃO
Mad Max: Estrada da Fúria

FIGURINO
Mad Max: Estrada da Fúria

MAQUIAGEM
Mad Max: Estrada da Fúria

TRILHA SONORA
Ennio Morricone (Os Oito Odiados)

CANÇÃO ORIGINAL
“Writing’s on the Wall” (007 Contra Spectre)

MIXAGEM DE SOM
Mad Max: Estrada da Fúria

EDIÇÃO DE SOM
Mad Max: Estrada da Fúria

EFEITOS VISUAIS
Ex-Machina: Instinto Artificial

MELHOR DOCUMENTÁRIO
Amy

MELHOR CURTA DOCUMENTÁRIO
A Girl in the River

MELHOR CURTA DE ANIMAÇÃO
Bear Story

MELHOR CURTA-METRAGEM
Stutterer

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on TumblrEmail this to someone

O blog é feito por amantes da Sétima Arte que, na vontade de poder exprimir em palavras suas emoções com o mundo cinematográfico, fazem desse espaço um ponto de encontro para celebrarmos o maravilhoso universo do Cinema. Facebook: Sétima Cena Twitter: @SetimaCena e-mail: contato@setimacena.com