Oscar 2017: Veja as nossas apostas

E chega ao fim mais uma temporada de premiações do cinema mundial. Como de costume, o Oscar coloca o último prego no caixão cinematográfico de 2016 e, a partir daí, já podemos soltar fogos de artifício e comemorar a chegada de 2017. Neste ano, diferentemente do ano passado, a coisa já parece praticamente definida em relação ao grande vencedor da noite, que deve ser mesmo o musical La La Land, de Damien Chazelle. O longa igualou o recorde de Titanic e A Malvada, com 14 indicações, e é o favorito da noite na categoria principal, Melhor Filme, embora ainda não esteja totalmente descartada uma possível vitória de Moonlight: Sob a Luz do Luar.

O mesmo deve acontecer em Melhor Direção, com Damien Chazelle sagrando-se o mais jovem premiado na história do Oscar nesta categoria, com apenas 32 anos. Correm por fora, Barry Jenkins, por Moonlight, e Kenneth Lonergan, por Manchester à Beira-Mar. Se a Academia quisesse mesmo surpreender nessa categoria, poderia premiar o canadense Denis Villeneuve, pelo ótimo A Chegada, mas não deve acontecer, assim como não deve premiar o polêmico Mel Gibson. Sua indicação por Até o Último Homem pode ser comemorada como um prêmio esse ano, já que até bem pouco tempo ele era quase persona non grata em Hollywood devido à sua coleção de polêmicas.

Nas categorias de atuação, os coadjuvantes parecem de fato definidos, com Mahershala Ali sendo o favorito, por Moonlight: Sob a Luz do Luar, e Viola Davis, por Um Limite Entre Nós. Já em Melhor Ator, até algumas semanas a estatueta parecia totalmente definida para Casey Affleck, por Manchester à Beira-Mar, mas a vitória de Denzel Washington (Um Limite Entre Nós) no SAG acendeu a disputa nessa categoria, que agora é totalmente incerta, já que o vencedor do SAG costuma também vencer o Oscar, na maioria das vezes.

Em Melhor Atriz, a favoritíssima é a jovem e talentosa Emma Stone, por La La Land. Ela faturou o SAG de Melhor Atriz e sai na frente na disputa, mas é preciso lembrar que a francesa Isabelle Huppert (Elle) corre por fora. Ela não participou do SAG, já que sequer deve ser sindicalizada nos EUA, mas está com uma forte campanha por sua nomeação. Natalie Portman chegou a ser favorita durante um tempo por sua atuação em Jackie, mas foi perdendo força ao longo da temporada. Ruth Negga, por Loving, e Meryl Streep, por Florence, devem ser apenas figurantes na cerimônia. Ou será que a Academia será ousada o bastante para dar um prêmio totalmente inesperado nessa categoria? Vamos aguardar.

Seguem abaixo nossas apostas e quem a gente acha que deveria vencer nas principais categorias, além de alguns outros comentários. Bom Oscar pra todos!

Carlos Carvalho

MELHOR FILME
Quem ganha: La La Land
Quem eu queria que ganhasse: A Chegada
Quem merece menos: Lion e Um Limite Entre Nós
Quem me deixaria feliz se ganhasse: Manchester à Beira-Mar seria uma boa surpresa.
Comentários: Que preguiça que eu tenho dessa categoria todos os anos, porque é quase tudo muito medíocre e um monte de outros filmes ótimos são deixados de lado. Outros são lembrados apenas em outras categorias menos valorizadas, como Documentário, Filme Estrangeiro ou Animação. Todo ano, vários filmes dessas categorias poderiam facilmente estar em Melhor Filme, porque são melhores que quase todos os indicados na categoria principal, mas sequer são cogitados.

MELHOR DIRETOR
Quem ganha: Damien Chazelle (La La Land)
Quem eu queria que ganhasse: Paul Verhoeven, mas ele não está indicado.
Quem merece menos: Mel Gibson, apesar de não ser ruim, mas o filme é irregular.
Quem me deixaria feliz se ganhasse: Denis Villeneuve
Comentários: Não vejo como Damien Chazelle pode perder sua estatueta nessa categoria. Acho mais fácil La La Land não ganhar melhor filme.

MELHOR ATOR
Quem ganha: Denzel Washington (Um Limite Entre Nós)
Quem eu queria que ganhasse: Casey Affleck
Quem merece menos: Ryan Gosling
Quem me deixaria feliz se ganhasse: Casey Affleck
Comentários: Acho que finalmente pesaram um pouco as polêmicas do Casey Affleck e isso pode tirar o Oscar das mãos dele, ainda mais depois do Denzel ter vencido o SAG. Não concordo com esse tipo de coisa, especialmente quando não é usado o mesmo critério pra todo mundo. A atuação do Casey é a melhor do ano e merece o prêmio. Por um caso polêmico relativamente semelhante, Nate Parker (O Nascimento de uma Nação) viu todas as suas chances e as de seu filme no Oscar acabarem. O problema é que o Nate Parker é negro e o Casey, não. De toda forma, acho que nenhum dos dois deveria ser punido por problemas que não envolvem seus trabalhos. A obra e o artista são independentes do que essas pessoas fazem em suas vidas pessoais. Problemas judiciais precisam ser resolvidos na justiça, não no Oscar. Joel Edgerton deveria estar indicado por Loving, um filme bastante injustiçado na temporada.

MELHOR ATRIZ
Quem ganha: Isabelle Huppert (Elle)
Quem eu queria que ganhasse: Isabelle Huppert
Quem merece menos: Meryl Streep, apesar de ótima, sempre
Quem me deixaria feliz se ganhasse: Isabelle Huppert
Comentários: Onde está Amy Adams, Academia? Vocês estão malucos? Emma Stone é favorita, mas a Huppert tá correndo forte por fora. A questão é que ela não estava indicada em várias das premiações que serviriam pra alimentar um favoritismo. O Oscar quase sempre surpreende em uma categoria. Acho que esse ano será aqui, apesar de não ser lá uma graaaande surpresa a Huppert vencendo, né? E outra, ela está numa campanha forte nos EUA. Tô botando fé. #TeamHuppert

MELHOR ATOR COADJUVANTE
Quem ganha: Mahershala Ali (Moonlight: Sob a Luz do Luar)
Quem eu queria que ganhasse: o próprio
Quem merece menos: Dev Patel
Quem me deixaria feliz se ganhasse: Mahershala Ali
Comentários: uma das barbadas da noite. Dificilmente o Mahershala Ali perde a estatueta aqui. Mas confesso que não é uma categoria que me empolgou esse ano.

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE
Quem ganha: Viola Davis (Um Limite Entre Nós)
Quem eu queria que ganhasse: Viola Davis
Quem merece menos: Nicole Kidman e Octavia Spencer
Quem me deixaria feliz se ganhasse: Viola Davis
Comentários: outra barbada. Viola Davis já está com as duas mãos no Oscar. Que molier! Mas ela deveria estar indicada como Melhor Atriz, não nessa categoria. A Academia precisa repensar essas trapaças aí. É feio.

MELHOR ROTEIRO ORIGINAL
Quem ganha: Manchester à Beira-Mar
Quem eu queria que ganhasse: o próprio
Quem merece menos: entre os outros quatro indicados, acho que o roteiro de La La Land é o mais burocrático e convencional, apesar de não ser ruim.
Quem me deixaria feliz se ganhasse: Mulheres do Século 20

MELHOR ROTEIRO ADAPTADO
Quem ganha: Moonlight
Quem eu queria que ganhasse: A Chegada
Quem merece menos: Lion e Um Limite Entre Nós
Quem me deixaria feliz se ganhasse: A Chegada
Comentários: Tanto Lion quanto Um Limite Entre Nós não têm grandes roteiros. Esse último ainda peca por manter uma estrutura muito parecida com a de uma peça de teatro. Por mim, ambos sequer estariam indicados.

MELHOR FILME ESTRANGEIRO
Quem ganha: Um Homem Chamado Ove
Quem eu queria que ganhasse: A Criada ou Elle, mas não estão indicados.
Quem merece menos: O Apartamento nem deveria estar aqui.
Quem me deixaria feliz se ganhasse: Tanna seria uma boa surpresa, mas Um Homem Chamado Ove também é simpático.
Comentários: fraquíssima categoria esse ano. Vários filmes melhores ficaram de fora e vários outros sequer foram escolhidos pelos seus países pra representá-los aqui, como o caso do brasileiro Aquarius, por exemplo, e do sul-coreano A Criada. Essa categoria me decepcionou esse ano. Nenhum dos indicados é um grande filme.

MELHOR ANIMAÇÃO
Quem ganha: Zootopia
Quem eu queria que ganhasse: Kubo e as Cordas Mágicas ou Moana
Quem merece menos: A Tartaruga Vermelha
Quem me deixaria feliz se ganhasse: Kubo e as Cordas Mágicas
Comentários: Zootopia é barbada. Kubo e Moana (que eu não esperava gostar tanto) são muito melhores. A Tartaruga Vermelha é visualmente lindo, mas chatíssimo, desculpa aí.

MELHOR DOCUMENTÁRIO
Quem ganha: A 13ª Emenda
Quem eu queria que ganhasse: A 13ª Emenda ou O.J. Made in America
Quem merece menos: Fogo no Mar
Quem me deixaria feliz se ganhasse: O.J. Made in America
Comentários: disparado, pra mim, a melhor categoria do Oscar. Aliás, vem sendo já há alguns anos. Todos os indicados são bons, apesar de eu não gostar tanto assim de Fogo no Mar. A temática é importantíssima, especialmente no momento em que vivemos, mas o filme não me pegou, embora reconheça muitos méritos nele. O.J. Made in America é o favorito, mas acho que vai pesar contra ele o fato de que é muito longo, então muita gente não deve ter visto.

MELHOR MONTAGEM
Quem ganha: La La Land
Quem eu queria que ganhasse: A Chegada
Quem merece menos: Até o Último Homem
Quem me deixaria feliz se ganhasse: A Chegada

FOTOGRAFIA
Quem ganha: Moonlight
Quem eu queria que ganhasse: Não sei, ninguém me chamou muita atenção aqui.
Quem merece menos: Lion, que ganhou o prêmio do sindicato.
Quem me deixaria feliz se ganhasse: nenhuma.
Comentários: Ainda não vi Silêncio, então estou opinando baseado apenas nos outros quatro filmes indicados.

DESIGN DE PRODUÇÃO
Quem ganha: La La Land

FIGURINO
Quem ganha: La La Land

MAQUIAGEM
Quem ganha: Um Homem Chamado Ove

MIXAGEM DE SOM
Quem ganha: La La Land

EDIÇÃO DE SOM
Quem ganha: Até o Último Homem

EFEITOS VISUAIS
Quem ganha: Mogli – O Menino Lobo

CURTA DE ANIMAÇÃO
Quem ganha: Piper

CURTA-METRAGEM
Quem ganha: Ennemies Intérieurs

CURTA DOCUMENTÁRIO
Quem ganha: Os Capacetes Brancos

CANÇÃO ORIGINAL
Quem ganha: City of Stars (La La Land)

TRILHA SONORA
Quem ganha: La La Land
Quem eu queria que ganhasse: A Chegada, mas não foi indicada por ser inelegível [Atualizado neste sábado para incluir esse item]

Cristiano Filiciano

MELHOR FILME
Quem ganha: La La Land
Quem eu queria que ganhasse: Manchester à Beira-Mar
Quem merece menos: Lion
Quem me deixaria feliz se ganhasse: Manchester à Beira-Mar e Moonlight.
Comentários: A questão aqui não é quem ganha, mas quantas estatuetas La La Land vai levar. Cá entre nós, eu apostaria em nove. A lista de indicados é boa, com exceção do regular Um Limite entre Nós e do medíocre Lion: Uma Jornada para Casa – o sensacional Elle caberia muito bem no lugar deste último, mas aí já seria esperar muito da quadrada Academia. Em um mundo perfeito, o troféu iria para Manchester à Beira-Mar. De longe, o longa mais profundo e completo entre os indicados. Moonlight também merece um lugar ao sol.

MELHOR DIRETOR
Quem ganha: Damien Chazelle (La La Land)
Quem eu queria que ganhasse: Kenneth Lonergan.
Quem merece menos: Mel Gibson
Quem me deixaria feliz se ganhasse: Barry Jenkins ou Kenneth Lonergan
Comentários: Damien Chazelle levou os principais prêmios da temporada e já está com o discurso praticamente pronto para mais essa estatueta. De fato, ele é um cineasta talentoso, mas Lonergan é o melhor daqui. A lista ficaria mais redonda com a presença de Paul Verhoeven (Elle) ou de David Mackenzie – que fez um trabalho bem consistente em A Qualquer Custo.

MELHOR ATOR
Quem ganha: Denzel Washington (Um Limite Entre Nós)
Quem eu queria que ganhasse: Casey Affleck
Quem merece menos: Andrew Garfield
Quem me deixaria feliz se ganhasse: Casey Affleck ou Viggo Mortensen
Comentários: É uma pena que a polêmica sob Casey Affeck vai lhe custar a estatueta. Sem dúvida a atuação dele é a melhor do ano. Assim, o prêmio deve cair de mãos beijadas para Denzel Washington – que está bem em Um Limite entre Nós, mas não o bastante para levar a terceira estatueta dourada. A Academia poderia olhar com mais carinho para os concorrentes estrangeiros, assim sobraria espaço para a atuação do sueco Rolf Lassgard, que está excelente em Um Homem Chamado Ove.

MELHOR ATRIZ
Quem ganha: Emma Stone (La La Land)
Quem eu queria que ganhasse: Isabelle Huppert
Quem merece menos: A lista é boa.
Quem me deixaria feliz se ganhasse: Isabelle Huppert ou Ruth Negga.
Comentários: O hype em torno de La La Land também vai render a primeira estatueta de Emma Stone. Uma atriz muito carismática e competente, mas que não chega aos pés da lacradora Isabelle Huppert, que merece todo o prêmio da VIDA por Elle. A linda e talentosa Ruth Negga é uma grata surpresa nesta temporada de premiação – o prêmio também ficaria muito bem na estante dela.

MELHOR ATOR COADJUVANTE
Quem ganha: Mahershala Ali (Moonlight: Sob a Luz do Luar)
Quem eu queria que ganhasse: Mahershala ou Lucas Hedges
Quem merece menos: Dev Patel
Quem me deixaria feliz se ganhasse: Mahershala Ali ou Lucas Hedges
Comentários: Mahershala tem um papel pequeno em Moonlight, mas suficiente o bastante para influenciar toda a trama. É o favorito com toda justiça. Lucas Hedges foi uma das principais revelações dessa temporada, mas sua chance de vitória é praticamente nula. Não seria surpresa se a Academia cometesse a atrocidade de entregar a estatueta para Dev Patel – que pode até ser carismático, mas não se equipara aos demais concorrentes da categoria.

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE
Quem ganha: Viola Davis (Um Limite Entre Nós)
Quem eu queria que ganhasse: Naomi Harris
Quem merece menos: Nicole Kidman
Quem me deixaria feliz se ganhasse: Naomi, Viola ou Michelle Williams
Comentários: A estatueta de Viola Davis é uma das grandes barbadas na noite. Afinal, ela é uma das grandes atrizes da atualidade e ainda não possui o prêmio da Academia. Mas verdade seja dita: ela é protagonista em Um Limite entre Nós, e a indicação nesta categoria foi apenas para facilitar a chegada à estatueta. Viola está ótima como sempre no filme, mas a grande atuação de coadjuvante do ano é a de Naomi Harris em Moonlight. Michelle Williams mais uma vez vai bater na trave – essa moça é talentosa demais e já passou da hora de ser reconhecida pelo Oscar.

MELHOR ROTEIRO ORIGINAL
Quem ganha: Manchester à Beira-Mar
Quem eu queria que ganhasse: Manchester à Beira- Mar
Quem merece menos: não vi Mulheres do Século 20, por isso não opinarei aqui.
Quem me deixaria feliz se ganhasse: Manchester à Beira-Mar ou A Qualquer Custo
Comentários: Com a provável derrota de Casey Affleck entre os atores, o prêmio de consolação de Manchester à Beira-Mar deve vir desta categoria.

MELHOR ROTEIRO ADAPTADO
Quem ganha: Moonlight
Quem eu queria que ganhasse: Moonlight
Quem merece menos: Lion
Quem me deixaria feliz se ganhasse: Moonlight ou A Chegada
Comentários: Moonlight e A Chegada têm, de longe, os melhores roteiros desta categoria, mas o primeiro deve levar o prêmio.

MELHOR FILME ESTRANGEIRO
Quem ganha: O Apartamento
Quem eu queria que ganhasse: Toni Erdmann
Quem merece menos: O Apartamento
Quem me deixaria feliz se ganhasse: Toni Erdmann ou Tanna
Comentários: Outra decisão política vai favorecer O Apartamento, justamente o longo mais irregular da lista. Toni Erdmann é disparado o melhor longa daqui… E só teria concorrente à altura se Elle ou Aquarius estivessem entre os indicados.

MELHOR ANIMAÇÃO
Quem ganha: Zootopia
Quem eu queria que ganhasse: A Tartaruga Vermelha
Quem merece menos: Não vi Moana – por isso tenho que fazer a Glória (não sou capaz de opinar)
Quem me deixaria feliz se ganhasse: A lista é muito boa. Os quatro filmes que vi são ótimos.

MELHOR DOCUMENTÁRIO
Quem ganha: O.J. Made in America
Quem eu queria que ganhasse: A 13ª Emenda
Quem merece menos: Ninguém
Quem me deixaria feliz se ganhasse: A 13ª Emenda e Eu Não Sou Seu Negro
Comentários: Não consegui reservar mais de 7 horas da minha vida para ver O.J. Made in America, mas ele ganhou quase tudo nesta temporada e deve levar também a estatueta aqui. Os demais indicados são ótimos e elevam a qualidade da categoria.

MELHOR MONTAGEM
Quem ganha: A Chegada
Quem eu queria que ganhasse: A Chegada
Quem merece menos: Ninguém – todas as montagens indicadas são eficientes.
Quem me deixaria feliz se ganhasse: A Qualquer Custo ou Moonlight
Comentário: Esse deve ser o prêmio de consolação de A Chegada, mas a Academia pode seguir o bonde e entregar mais essa estatueta para La La Land.

FOTOGRAFIA
Quem ganha: La La Land
Quem eu queria que ganhasse: Moonlight
Quem merece menos: Não vi Silêncio… Fazendo a Glória de novo.
Quem me deixaria feliz se ganhasse: Moonlight ou A Chegada
Comentários: O fraquíssimo Lion deve sair pelo menos com um prêmio, por isso não seria surpresa se ganhasse aqui, já que foi o escolhido do Sindicato dos Fotógrafos.

DESIGN DE PRODUÇÃO
Quem ganha: La La Land

FIGURINO
Quem ganha: La La Land
Comentário: Jackie pode surpreender aqui.

MAQUIAGEM
Quem ganha: Star Trek: Sem Fronteiras

MIXAGEM DE SOM
Quem ganha: La La Land

EDIÇÃO DE SOM
Quem ganha: Até o Último Homem

EFEITOS VISUAIS
Quem ganha: Mogli – O Menino Lobo

CURTA DE ANIMAÇÃO
Quem ganha: Pear Cider of Cigarettes
Comentário: Um chutaço daqueles.

CURTA-METRAGEM
Quem ganha: Time Code
Comentário: Um chutaço daqueles [2]

CURTA DOCUMENTÁRIO
Quem ganha: Os Capacetes Brancos
Comentário: Um chutaço daqueles [3]

CANÇÃO ORIGINAL
Quem ganha: City of Stars (La La Land)
Comentário: Essa música gruda na mente. Nem adianta resistir.

TRILHA SONORA
Quem ganha: La La Land

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on TumblrEmail this to someone

O blog é feito por amantes da Sétima Arte que, na vontade de poder exprimir em palavras suas emoções com o mundo cinematográfico, fazem desse espaço um ponto de encontro para celebrarmos o maravilhoso universo do Cinema. Facebook: Sétima Cena Twitter: @SetimaCena e-mail: contato@setimacena.com